ABM participa do 4º Congresso da Cúpula Mundial de Líderes Locais e Regionais

O presidente da Associação Brasileira de Municípios, Eduardo Tadeu Pereira, está participando do 4°congresso da Cúpula Mundial de Líderes Locais e Regionais, organizado pela CGLU (Cidades e Governos Locais Unidos) em Rabat (Marrocos).  Nesta quinta-feira (3), ele estava presente na reunião da Aliança de Autoridades Locais Latino-americanas para a Internacionalização e a Cooperação Descentralizada (AL-LAs) para discutir a participação das cidades latino-americanas nas redes internacionais como forma de melhorar a qualidade de suas políticas, desenvolvimento territorial e governança local.

O 4°congresso da Cúpula Mundial de Líderes Locais e Regionais tem como tema “Imaginar a Sociedade, Construir a Democracia”  e busca mobilizar a rede CGLU para trabalhar uma agenda interativa e participativa entre cidades do mundo. O evento também comemora os 100 anos do movimento municipalista internacional, criado em Bruxelas no ano 1913. “A partir desse movimento percebemos que as cidades devem aprender umas com as outras e que aquelas que estão desenvolvendo essa prática apresentam soluções mais criativas para os problemas vividos no âmbito local”, avalia o presidente da ABM, Eduardo Tadeu Pereira. Ele ainda destacou a importância da cooperação. “As autoridades locais devem se interessar em conhecer experiências exitosas de outras cidades e como determinados problemas foram equacionados. A chave é estar aberto a aprender e ensinar”, disse.

Já a AL-LAs é um projeto implementado no marco do programa temático ” Atores não estatais e autoridades locais em desenvolvimento” da União Europeia. A parceria de governos locais é capitaneada pelo governo da Cidade do México, com a participação, na região andina, da Municipalidade Metropolitana de Lima (Peru), o Distrito Metropolitano do Quito (Equador) e a Prefeitura de Medellín (Colômbia). Na região Sul da América Latina integram o projeto a Prefeitura de Belo Horizonte (Brasil), a Intendência de Montevidéu (Uruguai) e a Prefeitura de Morón (Argentina). Por último, na Europa, se unem o Fundo Andaluz de Municípios para a Solidariedade Internacional (Famsi) e a rede Cidades Unidas da França (CUF). Na reunião desta quinta-feira participaram como representantes do Brasil os prefeitos de Porto Alegre e Canoas (RS), os vice- prefeitos do Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) e os presidentes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e Associação Brasileira de Municípios (ABM). O Governo Federal brasileiro foi representado pela assessora especial da Subchefia de Assuntos Federativos da Presidência da República, Paula Losada.

 

Leave a Reply