UNAIDS e ABM planejam ações de conscientização sobre o HIV para Copa

O presidente da AUNAIDS e ABMssociação Brasileira de Municípios, Eduardo Tadeu Pereira, recebeu no dia 7 de agosto, representantes do UNAIDS – Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS, para discutir a possibilidade envolvimento dos municípios sede da Copa de 2014 em ações de mobilização e conscientização sobre a AIDS durante as atividades do evento esportivo.

Participaram da reunião contou com a presença do diretor executivo do UNAIDS, Dijibril Diallo; da Oficial de Programa no Brasil, Adele Benkazen; e do diretor do UNAIDS na América Latina, Caribe e América Central. “Queremos, através da ABM, firmar um acordo de entendimento com as Prefeituras, para que as cidades sede da Copa se envolvam com as ações de combate á AIDS”, explica Dijibril.

O presidente da ABM convidou representantes da Frente Nacional de Prefeitos – Paulo Oliveira, assessor de relações internacionais e assessora da pasta, Silvia Toso – para contribuírem com a proposta. “A FNP tem como foco de sua atuação as capitais e grandes cidades e são elas que sediarão os jogos da Copa. Por isso a entidade tem muito a contribuir”, disse Eduardo, que colocou a ABM a disposição. “Nós queremos contribuir com a viabilização dessa proposta e vamos trabalhar na mobilização dos municípios”.

De acordo com Dijibril, a intenção do Unais é promover ações e atividades de divulgação durante os eventos da Copa, entre eles as FUNFESTs, celebrações com música e atividades culturais que ocorrerão nas proximidades dos estádios, em parceria entre as Prefeituras e a FIFA. “Queremos aproveitar o apelo que o futebol tem para atingir o objetivo do nosso projeto, de zerar as infecções e as mortes por HIV”.

O assessor de Relações Internacionais da FNP, Paulo Oliveira também demonstrou interesse em colaborar com a iniciativa. “Temos um projeto de combate à exploração de crianças e adolescentes e creio que podemos integrar a proposta da UNAIDS nesse tema”, afirma.