Segundo dia de webinário apresenta boas práticas municipais nas regiões Norte e Nordeste

Segundo dia de webinário apresenta boas práticas municipais nas regiões Norte e Nordeste

O segundo dia do Webinário Norte/Nordeste, nesta quarta-feira, 17, apresentou boas práticas municipais na área dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e da Nova Agenda Urbana (NAU). Gilmar Dominici, coordenador-geral do projeto Parceria pelo Desenvolvimento Sustentável, coordenou os trabalhos.

Dr. Vidigal Galvão, médico, ex-Secretário Municipal de Saúde da Prefeitura de Lauro de Freitas (BA), trouxe a experiência da cidade no combate à Covid-19. Um dos casos mais bem-sucedidos do estado, as ações se baseiam, com especial atenção, em reunir e sistematizar dados e informações sobre o contágio, o tratamento e a evolução da doença no município.

Marcos Santana, prefeito de São Cristóvão (SE), falou do projeto Águas de São Cristóvão, vencedor do Prêmio Cidades Sustentáveis em 2019. O projeto busca promover o acesso à água tratada para toda a população, como um direito. Trata-se de uma parceria da Prefeitura com a Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), que disponibiliza equipamento e recursos humanos para perfuração de poços, enquanto o município entra com logística, financiamento e material para construção dos poços tubulares.

Adriana de Castro, engenheira agrônoma, ex-secretária de desenvolvimento rural de São João do Piauí (PI) falou sobre a Feira Agroecológica no município. O projeto, hoje, envolve mais de cem famílias, e começou com ações dedicadas à segurança alimentar e nutricional da população, ao mesmo tempo em que promovia a agricultura sustentável. A partir de oficinas de planejamento e capacitação, impulsionou-se uma Produção Agroecológica Integrada Sustentável. Quando a quantidade necessária para a família era atendida, o excedente passou a ser comercializado numa Feira Agroecológica. Segundo Adriana, é fundamental investir em capacitação e inovação tecnológica, bem como garantir acompanhamento técnico. O projeto deu prioridade para as mulheres, e valorizou a experiência e a aptidão das pessoas.

Rodrigo Serravalle, cientista político, apresentou a experiência cidade de Manaquiri (AM), que trouxe os ODS para o centro do planejamento estratégico municipal. Com ênfase na elaboração de um diagnóstico preciso e empenho em uma auditoria, o projeto criou mecanismos de participação popular para formulação de conteúdo. O Plano Estratégico de Governo resultante desse processo se desdobra nas Leis de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e de Orçamento Anual (LOA), também no Plano Plurianual (PPA).

Eduardo Tadeu Pereira, diretor-executivo da ABM, apresentou o Observatório de Políticas Públicas e, em seguida, a Carta dos Prefeitos. A íntegra das exposições do dia em vídeo estão disponíveis pelos canais da ABM no facebook e no youtube. As apresentações dos palestrantes estarão disponíveis no hot-site do projeto Parceria pelo Desenvolvimento Sustentável.

As cinco experiências apresentadas estão disponíveis no Observatório. Acesse https://www.odsobservatorio.com.br/ e conheça melhor essas e outras boas práticas municipais na área dos ODS e da NAU.