Petrobras e PNUD abrem inscrições de curso a distância sobre a Agenda 2030 e os ODS para 116 cidades

Petrobras e PNUD abrem inscrições de curso a distância sobre a Agenda 2030 e os ODS para 116 cidades

Foto: Guilherme Larsen / PNUD

 

Aprimorar os conhecimentos de gestores públicos, de representantes da sociedade civil organizada e do setor privado em 116 municípios do país para fortalecer políticas e ações que promovam a implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, por meio do “Projeto de Territorialização e Aceleração dos ODS”. Esse será o foco do curso “Integrando a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e os ODS”, que será lançado no próximo mês. Após o curso, os participantes estarão aptos a formular ações e iniciativas para a adoção, no âmbito local, de iniciativas para a erradicação da pobreza, o crescimento econômico inclusivo e a sustentabilidade ambiental, de forma integrada. A iniciativa faz parte de um projeto conjunto de cooperação entre a Petrobras eo PNUD.

Dividido em quatro módulos, o curso será disponibilizado na modalidade a distância, por meio de plataforma online e tem como público-alvo 116 municípios com operação da Petrobras, em 14 estados brasileiros, nas cinco regiões do país. O curso foi elaborado com base em diagnósticos de capacidades e demandas dos municípios envolvidos no projeto. A estimativa é de que, por meio dessa ação, mais de 2.300 alunos (uma média de 20 por cidade) participem da ação.

No “Módulo 1”, os alunos serão apresentandos aos principais conceitos sobre desenvolvimento sustentável, o processo internacional que levou à adoção da Agenda 2030 e quais os principais conceitos e desafios para o cumprimento dos 17 ODS. Na segunda etapa, serão apresentados conteúdos e ações sobre o planejamento local para a implementação das metas da Agenda 2030, com exemplos práticos no Brasil. No “Módulo 3”, os mecanismos e práticas internacionais, nacionais e locais serão abordados como forma de promover o conhecimento sobre o monitoramenteo da Agenda, com foco em dados e indicadores. No último módulo, os alunos terão informações sobre o processo de formação de parcerias para o alcance do desenvolvimento sustentável nos próximos anos.

Todo o conteúdo do curso será apresentado por meio de diferentes mídias. Vídeos interativos, animações, gráficos e entrevistas farão parte do material. Também serão disponibilizados conteúdos de apoio para os alunos: documentos oficiais, vídeos sobre a Agenda 2030 e indicação de leituras. A interação com os participantes será por meio de sessões de perguntas e respostas com instrutores do curso, em cada módulo. Aos alunos que completarem o curso, com duração de aproximadamente doze horas, serão disponibilizados certificados de participação, emitido pelo PNUD, após a aprovação do trabalho final.

Apresentando por colaboradores do PNUD que trabalham com a implementação da Agenda 2030 e a territorialização dos ODS, o curso também terá a participação de representantes de diferentes segmentos: setor privado, sociedade civil e governos. Representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC); da Secretaria de Governo da Presidência da República; do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA); da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP); da Confederação Nacional dos Municípios (CNM); da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP); da Rede Brasil do Pacto Global, e da Rede ODS Brasil, além de colaboradores do PNUD e da Petrobras, também deram depoimentos, no curso, sobre iniciativas e ações para a implementação da Agenda 2030 no país.

 

Serviço

O curso é voltado especificamente aos governos municipais, organizações da sociedade civil e empresas privadas dos municípios contemplados pelo projeto. A lista das cidades participantes pode ser conferida abaixo:

 

 

UF

PROJETO TERRITORIALIZAÇÃO E ACELERAÇÃO
DOS ODS (PNUD | PETROBRAS)
MUNICÍPIOS PARTICIPANTES
ALCoruripe, Jequiá da Praia, Piaçabuçu, Pilar e São Miguel dos Campos.
AMCoari e Manaus.
BAAlagoinhas, Araçás, Candeias, Catu, Entre Rios, Pojuca, Salvador, São Francisco
do Conde e São Sebastião do Passé.
CEFortaleza e Icapuí.
ESAnchieta, Aracruz, Conceição da Barra, Itapemirim, Jaguaré, Linhares, Marataízes,
Presidente Kennedy, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória.
MGBetim, Brumadinho, Contagem, Ibirité, Mário Campos, São Joaquim de Bicas e Sarzedo.
PECabo de Santo Agostinho e Ipojuca.
PRAraucária, Balsa Nova, Campo Largo, Curitiba e São Mateus do Sul.
RJAngra dos Reis, Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio,
Cachoeira de Macacu, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Casimiro de Abreu,
Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Macaé, Magé, Mangaratiba, Maricá, Paraty, Quissamã, Rio das Ostras, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São João da Barra e Saquarema.
RNAlto do Rodrigues, Areia Branca, Carnaubais, Guamaré, Macau, Mossoró e Serra do Mel.
RSCanoas e Esteio.
SCItajaí e Navegantes.
SEAracaju, Barra dos Coqueiros, Brejo Grande, Carmópolis, Divina Pastora, Estância, Indiaroba, Itaporanga D’Ajuda, Japaratuba, Laranjeiras, Maruim, Nossa Senhora do Socorro, Pacatuba, Pirambu, Riachuelo, Rosário do Catete, Santa Luzia do Itanhy, São Cristovão e Siriri.
SPBertioga, Cananéia, Caraguatatuba, Cubatão, Guarujá, Iguape, Ilha Comprida,
Ilhabela, Itanhaém, Mauá, Mongaguá, Paulínia, Peruíbe, Praia Grande, Santos,
São José dos Campos, São Sebastião, São Vicente e Ubatuba.

Para fazer o download da lista dos municípios contemplados no projeto, clique aqui.

As inscrições devem ser feitas por meio dos seguintes links:

Representantes do setor privado dos 116 municípios: https://pt.surveymonkey.com/r/SPS22LF

Representantes de prefeituras dos 116 municípios: https://pt.surveymonkey.com/r/RFKFHXN

Representantes de organizações da sociedade civil dos 116 municípios: https://www.surveymonkey.com/r/9MMGKFM

*Após a inscrição, os alunos receberão, a partir da segunda quinzena de julho, as informações para login e senha no curso.

 

Fonte: PNUD